PREVISÃO DO TEMPO

 

Friburguense volta a participar da Copa Rio e estreia em julho

Caminho mais curto para as competições nacionais, a Copa Rio volta a ter o Tricolor da Serra que não havia participado da edição passada, por conta de uma mudança de regulamento que reduziu o número de equipes.
 
Para este ano, a Federação de Futebol do Rio (FERJ) manteve o formato de mata-mata pelo segundo ano consecutivo, mas com uma maior quantidade de times, totalizando 25 clubes.
 
O Friburguense vai enfrentar o Maricá, em partidas que acontecem nos dias 25 de julho e 1º de agosto, e decide a vaga em casa para enfrentar o Bangu nas oitavas de final.
 
São seis participantes da Série A, oito da Série B1, oito da B2 e três da Série C, respeitando a ordem de classificação no respectivo Estadual do ano passado.
 
Não podem jogar clubes que já tenham vaga em divisões nacionais de 2018.
 
Na primeira fase, uma espécie de "pré-Copa Rio", com o segundo e o terceiro da Série C do ano passado (Campos e 7 de Abril).
 
Depois, ingressam sete times da B1 e mais sete da B2.
 
Os vencedores vão para as oitavas-de-final, onde encontram os seis times da Série A, Goytacaz e Angra (campeões em 2017).
 
Todos os jogos serão em mata-mata, ida e volta, sem a regra do gol marcado fora de casa.
 
O campeão escolhe entre Série D do Brasileirão ou Copa do Brasil no próximo ano.
 
Na última sexta-feira, 11, o Friburguense recebeu o Serra Macaense, no Eduardo Guinle, para uma espécie de ensaio final para o jogo de estreia no Campeonato Carioca da Série B1.
 
Em jogo bastante movimentado, o Tricolor da Serra empatou por 3x3 com a equipe de Macaé, tendo como destaque os dois gols marcados por Dedé.
 
O outro gol foi anotado por Marcos André
 
O Friburguense entra na reta final de preparação esta semana, e estreia no Estadual no próximo sábado, 19, quando encara o Audax, no Rio de Janeiro.

Michel Teló - Chocolate quente

João Bosco e Vinícius - Deixa a gente quieto

Melanina Carioca Part. Matheus e Kauan - Vai que cola

Thiaguinho - Vamo que vamo

Maria Cecília e Rodolfo - Depois da briga

Nando Reis - Sei

Maiara e Maraísa - Medo bobo

Wesley Safadão Part. Ivete Sangalo - Parece que o vento

Zé Neto e Cristiano - Sonha comigo

Exaltasamba - O mundo tá girando