PREVISÃO DO TEMPO

 

Intervenção Federal é aprovada por Deputados, e segue para análise do Senado

Após mais de sete horas de sessão, a Câmara dos Deputados aprovou, já na madrugada desta terça-feira (20), o decreto que autoriza a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.
 
Foram 340 votos favoráveis e 72 contrários, além de uma abstenção.
 
A previsão é de que a medida seja analisada pelos senadores ainda nesta terça, em sessão prevista para ter início às 16h.
 
Na última sexta (16), o presidente Michel Temer assinou o decreto de intervenção, que só pode ter continuidade se for aprovado pela Câmara e pelo Senado.
 
O decreto estabelece que a medida dure até 31 de dezembro deste ano.
 
Nesse período, o general do Exército Walter Souza Braga Netto, torna-se o interventor no estado, e vai ter o comando da Secretaria de Segurança, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e do sistema carcerário no Estado.
 
Possíveis ordens para mudanças em Nova Friburgo e região ainda são aguardadas pelo comando do 11º Batalhão.
 

Governo faz campanha para conscientizar folião no carnaval

Órgãos de segurança, mobilidade urbana, saúde e direitos humanos, além de concessionárias de transportes realizam campanha conjunta neste carnaval.
 
O objetivo é conscientizar o folião e garantir a festa com maior segurança, através de vídeos e informativos com palavras para que os foliões utilizem nas redes sociais como (CarnavalSeguro) e (FoliãoConsciente).
 
Por meio das mídias digitais de todas as pastas estaduais, será possível difundir informações relativas à uma série de temas importantes para que o folião não perca o ritmo da folia.
 
Racismo, homofobia, abuso contra a mulher e cuidados com as crianças estão entre os tópicos abordados.
 
A ação integrada envolve as secretarias de Segurança, Saúde, Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos, as polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Secretarias Municipais de Ordem Pública e Saúde, Guarda Municipal, e da Agência Reguladora de Transportes Públicos, a Agetransp.
 
A ação conta com o apoio da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal nas estradas do Estado do Rio.
 
Equipes do Disque-Denúncia estão de prontidão, e o contato para denúncias e atendimento 24 horas é feito pela Central 190.

Marinha do Brasil inscreve para concurso de Praças Temporários

Os interessados em participar do Processo Seletivo do Serviço Militar Voluntário (SMV) para Praças Temporárias possuem prazo até hoje, 12, para fazer a inscrição e se candidatar a uma das cerca de 490 vagas.
 
É necessário ter Ensino Fundamental com curso de Formação Inicial e Continuada e nível Médio Técnico, em diversas áreas.
 
É preciso ainda ter 18 anos completos e menos de 45 anos, ser brasileiro nato ou naturalizado, ter registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, dentre outras condições previstas no Aviso de Convocação. 
 
As oportunidades são para Marinheiros (Fundamental) e Cabos (Médio Técnico), com rendimentos brutos iniciais em torno de R$ 1.800 e R$ 3.100, respectivamente.
 
Este ano, há vagas para Enfermagem, Patologia Clínica, Radiologica Médica, Processamento de Dados, Eletrônica, Metalurgia, entre outras.
 
Os aprovados em todas as etapas vão ter o tempo de serviço renovado anualmente, podendo chegar até oito anos.
 
Para se inscrever é necessário acessar o site www.ingressonamarinha.mar.mil.br
 
O valor da inscrição é de R$70,00.
 
Os candidatos fazem uma prova, com duração de três horas, com 50 questões objetivas divididas por Língua Portuguesa (25) e Formação Militar-Naval (25).
 
A previsão é que o exame seja aplicada em 15 de abril.
 
A bibliografia está indicada no próprio Aviso de Convocação.
 
Após essa etapa, ainda há Verificação de Dados Biográficos, Inspeção de Saúde, Prova de Títulos, Verificação Documental, Designação à Incorporação e Incorporação.

Prouni abre período de inscrições

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni) do primeiro semestre de 2018 estão abertas até sexta-feira, 9.
 
O programa oferece bolsa de estudo parciais e integrais no ensino superior.
 
A inscrição deve ser feita via internet, no site do programa.
 
Podem participar os candidatos que não tenham diploma do ensino superior e tenha feito o Enem de 2017.
 
Além disso, o estudante precisa atender a pelo menos uma das condições exigidas.
 
É preciso ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública; ter cursado o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição; ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição; apresentar algum tipo de deficiência ou ser professor da rede pública de ensino.
 
As bolsas integrais se destinam a candidatos com renda familiar bruta mensal per capita não exceda 1,5 salário mínimo.
 
Já as parciais são voltadas aos estudantes com renda familiar bruta mensal per capita inferior a três salários mínimos. 
 
A primeira chamada é divulgada no dia 14 de fevereiro, e na segunda em 2 de março.

Termina sexta-feira (2) o prazo para quitar a primeira parcela ou cota única do IPVA

Na segunda-feira, 22, os proprietários de veículos com final de placa 5 pagaram a primeira parcela ou a cota única do imposto, com desconto de 3%.
 
Nesta terça-feira, foi a vez do final de placa 6, e hoje, quem possui veículo com final de placa 7 deve pagar o imposto.
 
As próximas datas de vencimento ocorrem sucessivamente até sexta-feira, para veículos com finais de placa 8 e 9.
 
Os veículos com finais de placa 0, 1, 2, 3 e 4 já tiveram o prazo vencido na última semana.
 
O imposto pode ser dividido em até três parcelas mensais.
 
De acordo com o Detran, a guia para o pagamento do IPVA pode ser retirada pelo contribuinte pela Internet, no Portal da Secretaria de Estado de Fazenda (www.fazenda.rj.gov.br) ou do banco Bradesco (www.bradesco.com.br).
 
A partir deste ano, os boletos do seguro DPVAT devem ser gerados no site pagamento.dpvatsegurodotransito.com.br.
 
O motorista que ainda não pagou o seguro obrigatório, o DPVAT, não vai arcar com juros e mora pelo atraso, de acordo com a seguradora responsável pelo seguro.
 
No entanto, a vistoria somente pode ser feita após o pagamento do DPVAT, no valor de R$ 45,72.
 
O mesmo vale para motoristas isentos da vistoria.
 
Em relação ao IPVA, quem perdeu o prazo não consegue mais o desconto à vista.

Michel Teló - Chocolate quente

João Bosco e Vinícius - Deixa a gente quieto

Melanina Carioca Part. Matheus e Kauan - Vai que cola

Thiaguinho - Vamo que vamo

Maria Cecília e Rodolfo - Depois da briga

Nando Reis - Sei

Maiara e Maraísa - Medo bobo

Wesley Safadão Part. Ivete Sangalo - Parece que o vento

Zé Neto e Cristiano - Sonha comigo

Exaltasamba - O mundo tá girando